Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

MAR DE MAIO

Livros, viagens e tudo o que nos acrescenta

MAR DE MAIO

Livros, viagens e tudo o que nos acrescenta

Vale a pena escrever?

15.05.18 | Inês

vale-a-pena.JPG

Há algum tempo que andava de olho nos livros da fundação Francisco Manuel dos Santos. São baratos, pequenos e exploram diversos temas. Decidi, entre muitas opções, ler este que se foca no universo da escrita e da literatura em Portugal.

 

É um livro que explora uma série de questões: Vale a pena escrever? Como funciona a inspiração para a escrita? O que faz um bom escritor? E que sugere algumas respostas, que resultam de entrevistas feitas a 11 escritores portugueses (como Afonso Cruz e Mário de Carvalho).

 

Ficam algumas frases preferidas:

 

Mário de Carvalho, sobre se a literatura está a perder leitores:

O leitor traz a sua vida, a sua vivência pessoal, traz tudo o que leu, traz os filmes que viu, etc., e faz com isso um livro. Eu receio é que comece a haver poucos leitores capazes de reelaborar o livro, de recriar o livro e de fazer outro livro, fazer o seu livro, deles, a partir daquilo que nós escrevemos.

Mário de Carvalho, sobre a “receita” para se ser um bom escritor:

Um escritor forma-se «na vida e na literatura e no cinema e no teatro... No contacto com tudo aquilo que estimula a criatividade e a imaginação, com tudo aquilo em que a nossa curiosidade se possa exercer, com tudo o que nos der a possibilidade de criar mundos novos. Trata-se, de facto, de contrapor o nosso mundo a outros mundos».

Partrícia Portela, sobre os livros:

Os livros são bocados de carne de uns que invadem as vidas de outros. São objetos de alma inqualificáveis e não identificáveis mas indispensáveis à sobrevivência humana.

P.S. Podem ver todos os livros com posts no blog aqui.

4 comentários

Comentar post