Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Livros, viagens e tudo o que nos acrescenta

Todas as coisas maravilhosas de Ivo Canelas

todas-coisas-maravilhosas-mar-maio.jpeg

Fui ver «Todas as coisas maravilhosas» de Ivo Canelas e reitero todos os elogios que tenho lido a esta peça. Que experiência incrível!

A sinopse diz-nos que um rapaz começa, com sete anos, a escrever uma lista de coisas maravilhosas depois de uma tentativa de suicídio da mãe. Pela sinopse, a peça poderia dar uma visão simplista, ou demasiado floreada, da depressão. Mas achei exatamente o contrário. Esta peça consegue a proeza de falar sobre a depressão, sem romantizar nada, mas também sem tornar as coisas demasiado negras. Faz rir e faz chorar.

Tenho muito mais a dizer sobre esta peça, mas não quero contar muito, porque acho mesmo que é bom ir ver a peça sem sabermos o que se vai passar naquela sala, saborear e sair a pensar “porra, isto foi mesmo bom!”.

A peça é baseada no texto de Duncan Macmillan que já foi adaptado um pouco por todo o mundo e até já está num documentário na HBO, mas a peça do Ivo Canelas é uma experiência absolutamente imperdível. As sessões para esta temporada estão esgotadas, mas a ticketline põe à venda alguns bilhetes duas horas antes de cada sessão, por isso, é tentarem arranjar um desses bilhetes, porque vale tanto a pena. Provavelmente, a melhor experiência em teatro que já tive na vida. A sério, não percam isto por nada.

2 comentários

Comentar post