Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

MAR DE MAIO

Livros, viagens e tudo o que nos acrescenta

MAR DE MAIO

Livros, viagens e tudo o que nos acrescenta

The friend de Sigrid Nunez

Inês, 06.08.19

the-friend.jpg

Decidi que queria ler «The friend» por causa da sinopse. É a história de uma mulher que perde um amigo para o suicídio e que se vê obrigada a tomar conta do cão que ele deixou para trás, um dogue alemão chamado Apollo.

É um livro escrito na primeira pessoa em que acompanhamos o processo de luto desta mulher e também de Apollo que se vê, sem perceber como nem porquê, com um dono diferente, a viver numa casa diferente. É, pelo tema, um livro um bocadinho triste mas Apollo acaba por funcionar muito bem como um elemento cómico na história. Além de ser um livro sobre o luto (da dona e do cão) e sobre como estes dois personagens se apoiam mutuamente para o ultrapassar, é também um livro sobre escrita e sobre livros uma vez que a narradora é escritora.

E é também um livro sobre cães (e um bocadinho sobre gatos) e sobre o que significa tê-los como animais de companhia:

He wags his tail, and for the thousandth time I think how frustrating it must be for a dog: the endless trouble of making yourself understood to a human.

Este tema das pessoas se apoiarem em animais para ultrapassar momentos difíceis não é novidade. Aliás, no livro a autora faz referência a vários livros que envolvem animais. A mim lembrou-me, por exemplo, «A educação de Eleanor» que li no início deste ano em que a personagem principal, a certa altura, arranja uma gata que acaba por ser um elemento importante na vida da Eleanor.

Gostei muito do livro mas achei-o algo inconsistente, com alguns capítulos muito bons (que se focavam mais em Apollo) intercalados com outros que não acrescentam muito ao enredo. Ainda assim, recomendo a quem goste de animais (principalmente de cães) porque é uma história que merece ser lida e partilhada.

P.S. - Este livro foi lido para o tema do "Uma dúzia de livros" de Agosto - um livro escrito na primeira pessoa.

3 comentários

Comentar post