Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MAR DE MAIO

Livros, viagens e tudo o que nos acrescenta

MAR DE MAIO

Quando a vida era analógica

29.09.20
Quando vi este post no blog da Rita da nova sobre a sua viagem a Porto Santo lembrei-me que devia ter algures fotografias de uma viagem que deve ter quase 10 anos. Não tenho muitas porque foram tiradas com uma Nikon analógica e, além de haver sempre fotografias que não ficavam bem e nunca eram reveladas, os rolos eram caros e era preciso escolher bem onde "gastar" (...)

A Peloponnese (Grécia) em 12 fotografias

12.09.18
Foi este o caminho que fiz (quase) todos os dias. Atravessar as tendas do parque de campismo, passar a floresta a ouvir as cicadas nas árvores e ver a praia do outro lado. Mergulhar. A praia da Peloponnese tornou-se a minha segunda casa (a primeira era o acampamento). De manhã, aproveitando as horas em que o calor ainda não sufoca, há famílias com cães e crianças a brincar na areia. As horas de calor a meio da tarde eram a minha hora preferida para fazer este caminho. O calor (...)

Ser turista no Porto por um dia

07.08.18
Nunca tinha ido ao Porto. Imperdoável, eu sei. Entretanto, juntaram-se uma série de fatores. Havia uma exposição que não queria perder e que acabou por ser a desculpa ideal para deixar de adiar a viagem. Queria ir à Lello e passear um bocadinho para desanuviar do fim de (mais) uma época de exames e entrar em modo de férias. Fui e vim no mesmo dia aproveitando uma promoção da cp (ida e volta ficou a 30 euros). Três horas de viagem parece muito tempo mas com uma boa conversa (...)

Frida Kahlo: uma exposição de fotografia

24.07.18
Confesso que não sabia muito sobre Frida Kahlo até ter decidido ir ao Porto ver a sua exposição de fotografia. Conhecia os seus auto-retratos mas pouco sabia sobre a sua vida. Não sabia que quando tinha apenas seis anos, Frida sofreu de poliomielite, que a deixou com uma perna mais curta do que a outra e a coxear. Os vestidos compridos que usava tornaram-se uma forma de disfarçar isso. E com 18 anos, o autocarro escolar onde seguia colidiu com um elétrico e Frida sofreu mais de 20 (...)

A feira da bagageira na Ericeira

16.08.17
No fim-de-semana passado a Ericeira encheu-se de carros atolados de artigos em segunda mão para a feira da bagageira. Esta feira tem passado por vários locais da região de Lisboa e qualquer pessoa se pode inscrever para vender artigos que tenha em casa, como velharias, livros, mobília, roupa, brinquedos, enfim, de tudo um pouco. Os vendedores transportam os artigos na bagageira do carro (daí o nome da feira) e vendem-nos a preços simpáticos. Esta frase na página (...)