Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Livros, viagens e tudo o que nos acrescenta

Newsletter

Ratched (netflix): uma série peculiar

mar-maio-ratched.jpg

A primeira coisa que me ocorreu após ter terminado a série da netflix é que é uma história profundamente triste a da saúde mental. «Ratched» é, naturalmente, uma história de ficção, mas deixa claro isso mesmo. Desde as lobotomias inventadas pelo Egas Moniz (que valem uma referência a Portugal na série…) até aos banhos a ferver e depois gelados usados como forma de “tratamento” para a homossexualidade… Enfim, tudo isto está nesta série.

No centro temos Mildred Ratched, uma enfermeira resgatada do clássico «Voando sobre um ninho de cucos» que começa a trabalhar num hospital psiquiátrico pioneiro nos Estados Unidos em lobotomias. Mildred tenta ajudar Edmund Tulloson que depois de matar um grupo de padres acaba nesse hospital psiquiátrico para uma avaliação. O objetivo é decidir se Tulloson deve ou não enfrentar a pena de morte mas rapidamente se torna claro que Mildred esconde muitos segredos…

Confesso que achei os primeiros episódios demasiado lentos mas rapidamente fiquei rendida. Gostei de algumas personagens (embora tivesse detestado outras…), a fotografia é simplesmente genial e a história, sendo excessivamente dramática em muitos momentos, acaba por ir surpreendendo aqui e ali. Gostei principalmente do desenvolvimento de Mildred enquanto personagem e da relação que desenvolve com alguns dos pacientes do hospital (assim como das histórias destes pacientes).

5 comentários

Comentar post