Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Livros, viagens e tudo o que nos acrescenta

Newsletter

Os veados de Phoenix Park

phoenix-park-dublin-mar-maio.png

Eu sei que tenho repetido muito isto nos posts da Irlanda, mas fiquei muito surpreendida com o Phoenix Park.

Este parque, que é maior do que o Central Park em Nova Iorque alberga o zoo de Dublin mas, mais importante do que isso, é a casa de um grupo de veados selvagens que aqui vive há cerca de 350 anos.

Os veados costumam frequentar muito o bosque na zona da Papal Cross (uma cruz gigante que foi erguida para uma visita do papa no final dos anos 70 e nunca chegou a ser retirada) e foi aí que os encontrámos.

Quando li que havia veados no Phoenix Park, pensei que fossemos encontrar uns 20 ou 30. Na realidade, o parque tem cerca de 600 veados! Para onde quer que olhássemos havia veados em pequenos grupos a descansar, ou a comer. Alguns, mais curiosos, aproximavam-se dos turistas na esperança de alguma guloseima.

phoenix-park-dublin-mar-maio.png

É suposto manter-se uma distância de 50 metros dos veados, mas faço já um mea culpa para dizer que não fizemos isso (nem ninguém que lá estava), mas importa ter bom senso e manter alguma distância. Se estiverem à frente de um veado que está deitado e ele se assusta, vai fugir na vossa direcção e acho que isso não é uma memória que queiram levar de Dublin… Além disso, não se deve alimentar os veados (está a decorrer um estudo sobre a forma como a comida que os turistas dão aos veados está a afetar a saúde dos mesmos).

A altura em que fomos (Maio) é a altura em que se dá a queda dos cornos e em que os novos começam a nascer. Nos meses de Outubro/Novembro é a época de reprodução, em que os machos se podem tornar mais agressivos e convém manter uma distância maior. As crias nascem no Verão.

Todos os veados têm uma tag na orelha para poderem ser identificados por quem faz a gestão do parque. Como são muitos e não têm predadores naturais (tirando as raposas que podem matar um ou outro recém-nascido), a gestão da população implica que, todos os anos, uma parte dos veados são mortos para manter a sustentabilidade do parque. Isto é importante para haver alimento para todos os animais, para os animais estarem bem nutridos e conseguirem suportar o frio no Inverno e para impedir a propagação de doenças.

phoenix-park-dublin-mar-maio.png

A entrada no parque é gratuita.

4 comentários

Comentar post