Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

MAR DE MAIO

Livros, viagens e tudo o que nos acrescenta

MAR DE MAIO

Livros, viagens e tudo o que nos acrescenta

Os melhores livros que li este ano

Inês, 17.12.19

melhores-livros.png

Este ano li bastante mais do que nos anos anteriores  (38). A razão foi ter usado e abusado da biblioteca durante o Verão e não ter insistido em leituras pouco proveitosas. Dos livros que li este ano ficam aqui aqueles de que gostei mais:

 

Livros que me deixaram a pensar neles muito depois de os ter terminado: 

Razões para viver de Matt Haig: Um livro extraordinário e muito honesto sobre a depressão. Recomendo muito. // ★★★★★

Canção doce de Leila Slimani (post no blog): Um thriller sobre uma ama que mata as duas crianças de que tomava conta. Um livro arrebatador e muito bem escrito. // ★★★★☆

The friend de Sigrid Nunez (post no blog): A história de uma escritora que perde o melhor amigo para um suicídio e que fica a tomar conta do seu cão (um dogue alemão). É divertido e tem um final surpreendente. // ★★★★☆

 

É nacional e é bom:

A vida no campo: os anos da maturidade de Joel Neto (post no blog): As crónicas do escritor Joel Neto sobre a vida nos Açores. // ★★★★☆

O pintor debaixo do lava-loiças de Afonso Cruz (post no blog): A história de um pintor eslovaco que nasceu no final do séc. XIX e acabou escondido debaixo do lava-loiças para fugir do nazismo. Um livro maravilhoso baseado na história real dos avós do autor. // ★★★★★

 

A ficção no seu melhor:

Pessoas normais de Sally Rooney (post no blog): Uma história moderna sobre a relação de dois amigos e namorados ao longo de vários anos. Um livro maravilhoso e, ainda assim, absolutamente banal. // ★★★★☆

Lá, onde o vento chora de Delia Owens (post no blog): A história de Kya, uma miúda que vive isolada no pantanal e que, em adulta, é acusada de cometer um crime. Um dos meus livros preferidos de sempre. //  ★★★★★

 

Como é que eu nunca tinha lido isto antes?

Anne dos cabelos ruivos (post no blog): Um clássico maravilhoso sobre uma miúda orfã que é adoptada por dos irmãos. A série também vale muito a pena. //  ★★★★★

 

Livros de não ficção:

Estou viva, estou viva, estou viva de Maggie O'Farrell (post no blog): Um livro autobiográfico em que a autora explora uma série de experiências de quase-morte.//  ★★★★★

Desaparecer na escuridão de Michelle McNamara (post no blog): A saga da autora em busca do Golden State Killer, responsável por uma onda de assassinatos e violações na Califórnia durante mais de 10 anos.//  ★★★★★

O custo de vida de Deborah Levy: Um dos três livros da autobiografia de Deborah Levy. O único defeito é ser tão curto (cento e poucas páginas). // ★★★★★

 

Para ler de luzes acesas:

My sister, the serial killer de Oyinkan Braithwaite (post no blog): Um livro divertido de uma autora nigeriana sobre duas irmãs, sendo que uma delas tem o hábito de matar os namorados. // ★★★★☆

Sempre vivemos no castelo de Shirley Jackson (post no blog): Um thriller psicológico sobre duas irmãs que vivem sozinhas depois de toda a família ter morrido e que são temidas pelos aldeões. //  ★★★★★

 

E vocês, quais foram os livros que mais gostaram de ler este ano? 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.