Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Livros, viagens e tudo o que nos acrescenta

Newsletter

Lupin: o livro e a série da netflix

lupin-mar-maio.png

Li o livro de Arsène Lupin já depois de ter visto as duas partes da série da Netflix. Não creio que faça diferença porque o livro e a série são produtos completamente distintos. Na série temos um personagem na atualidade que tenta obter vingança para uma injustiça cometida contra o pai por uma família rica.

Este personagem, o Assane Diop tem a sua inspiração no personagem Lupin, criado por Maurice Leblanc em 1905. Este livro foi escrito para rivalizar o Sherlock Holmes numa espécie da Inglaterra vs França que tem a sua graça. No último capítulo, intitulado Herlock Sholmes, Maurice tentou introduzir a rivalidade entre os dois personagens. Como foi processado por inicialmente ter usado a verdadeiro nome do detetive inglês, este acabou por ser alterado.

O livro tem nove capítulos e cada um funciona como uma aventura (quase) independente, o que é fruto de Maurice ter publicado os capítulos num jornal e depois juntado todos para formar este livro.

Em cada uma das aventuras, Lupin é o ladrão. O personagem teve tanto sucesso que se seguiram dezenas de livros e com o tempo, Lupin passou de ladrão a um detetive, tornando-se mais semelhante a Sherlock Holmes.

É um livro interessante, que entretém. Tendo em conta que o mundo editorial português teve um momento de loucura com a série da Netflix há muitas edições por onde escolher. Eu adoro a minha da Porto Editora, que foi oferecida, e que tem uma capa linda. Só tenho pena que não tenham incluído um prefácio do autor que existe nalgumas edições brasileiras. Não sei se está presente nalguma edição portuguesa.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.