Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Livros, viagens e tudo o que nos acrescenta

Newsletter

Gravity blanket: vale a pena?

gravity-blanket-mar-maio-sono-saude.jpg

Infelizmente, sempre tive dificuldades em adormecer. Acho que quem sofre de insónias vai entender que dormir mal afecta profundamente o nosso dia-a-dia, torna-nos mais ansiosos (e vice-versa porque se as insónias causam ansiedade, a ansiedade também causa insónias) e diminui a nossa capacidade de concentração. Por isso, quando ouvi falar dos gravity blankets fiquei logo curiosa.

Um gravity blanket é um cobertor pesado que deve ter cerca de 10-15% do nosso peso. O pressuposto é que o peso tem um efeito calmante, que reduz a ansiedade e leva as pessoas a adormecer mais rapidamente e, consequentemente, a dormir melhor.

Antes de me decidir a comprar um fui ler os (poucos) estudos que existem sobre o assunto. De facto, há um estudo com pacientes com ADHD e insónias em que o uso de cobertores pesados reduziu o tempo que demoravam a adormecer, em média, de 70 para 30 minutos. Noutro estudo feito na Suécia em pessoas com insónias crónicas houve uma redução do tempo que as pessoas demoravam a adormecer, dos movimentos durante a noite e os participantes tinham noites mais descansadas. Noutro estudo, houve uma redução da fatiga, depressão e ansiedade durante o dia. Um estudo de revisão de 2020 conclui isto:

Weighted blankets may be an appropriate therapeutic tool in reducing anxiety; however, there is not enough evidence to suggest they are helpful with insomnia.

Ou seja, estes cobertores podem ajudar a dormir melhor quando os problemas de sono estão relacionados com a ansiedade mas, fora isso, não há muitas evidências de que possam ajudar com insónias. Enfim, nada como experimentar.

Em Portugal, os cobertores pesados são vendidos pela blanky. Não são baratos, mas acabei por aproveitar uma promoção da black friday no final do ano passado. Uma das vantagens é que se pode pedir a devolução até 30 dias depois caso não se goste da experiência.

 

Como foi a minha experiência:
Nas primeiras duas ou três noites foi estranho dormir com aquele peso em cima mas rapidamente me habituei. O cobertor é muito aconchegante, muito relaxante e não tenho dúvidas de que durmo melhor com ele. Na verdade, acho que já não saberia dormir sem ele e essa é uma desvantagem porque um cobertor de cinco quilos (no meu caso) não é uma coisa que se possa levar de viagem... (E sim, eu sou dessas pessoas que gosta de levar a almofada preferida em viagem mas não falemos disso...)

Com muita pena minha, o gravity blanket não resolveu completamente as minhas insónias mas sinto que, na maior parte dos dias, demoro menos tempo a adormecer, sinto-me com mais sono quando estou a tentar adormecer e, de uma forma geral, durmo melhor. Sinceramente acho que já não conseguiria dormir sem ele ou, pelo menos, tenho a certeza de que dormiria pior sem ele. Qualquer coisa que nos faça dormir melhor é um bom investimento. Para quem estiver na dúvida, acho que é mesmo uma questão de experimentarem.

6 comentários

Comentar post