Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Livros, viagens e tudo o que nos acrescenta

Anatomia de Dana Schwartz

mar-maio-anatomia.png

Assim que vi a sinopse deste livro, soube que o queria ler. «Anatomia» conta a história de Hazel e Jack na cidade de Edimburgo em 1817. Hazel vive num castelo, com a mãe e o irmão e sonha ser cirurgiã numa altura em que a profissão é dominada por homens.

Estudar medicina é uma coisa. É até útil. O meu amigo de Eton, o John Lawrence, está agora em Paris e será um bom médico e fará um bom casamento e será bem-vindo aos nossos jantares (…) Mas cirurgiã… Hazel, a cirurgia é uma profissão para homens sem dinheiro. Sem estatuto. Na verdade, são uns carniceiros!

Pelo meio, conhece Jack, um rapaz que trabalha num teatro e ganha dinheiro a roubar cadáveres dos cemitérios da cidade para os vender, numa altura em que Edimburgo parece ser assolada por uma febre mortal.

Embora alguns dos meus colegas de profissão em Edimburgo recorram a medidas nefastas, contratando os serviços ilegais dos chamados ladrões de corpos, que roubam os corpos de inocentes, os cadáveres fornecidos aos meus alunos na minha escola de anatomia são sempre os infelizes homens e mulheres vítimas da forca (…)

Nesta altura, Edimburgo era uma cidade importante no estudo de anatomia. Apesar dos cadáveres de quem acabava na forca e de quem se suicidava serem entregues aos médicos, havia falta de cadáveres, o que levava anatomistas a recorrer aos ladrões de corpos. Quem tinha dinheiro, escolhia caixões difíceis de partir. Quem não tinha, dificilmente era deixado em paz, mesmo depois de morto.

Outro momento interessante do livro é quando Hazel está a ler um livro de Jane Austen, que publicou as suas obras assinando como "By a Lady".

Hazel encontrou um local isolado na relva sob um enorme ulmeiro frondoso e espalhou os livros à sua frente (...) e um romance chamado Sensibilidade e Bom Senso, publicado anonimamente e atribuído apenas a "Uma Senhora".

O contexto histórico deste livro está muito bem construído, e a história em si também. Foi uma boa surpresa, que me deixou com imensa vontade de ir a Edimburgo.

Mas não gostei do final. Achei desnecessário e destoa completamente do resto da história. Ainda assim, quero ler segundo livro, que é a continuação desta história e que tem uma capa tão boa como o primeiro.

4 comentários

Comentar post