Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Livros, viagens e tudo o que nos acrescenta

A queda da casa de Usher e a homenagem aos contos de Edgar Allan Poe

mar-maio-queda-da-casa-usher.jpg

A nova série da Netflix «A queda da casa de Usher» é uma belíssima homenagem aos contos de Edgar Allan Poe. O título da série vem de um conto com o mesmo nome, em que um homem em fim de vida convida um amigo de longa data para a sua casa, a casa da família Usher, para lhe fazer uma confissão. Na série, o magnata da família Usher tem seis filhos e construiu toda a sua riqueza e poder na indústria farmacêutica, à custa da crise de opióides. Ao longo dos oito episódios, vamos acompanhando a queda de cada elemento desta família e, consequentemente, da casa de Usher. Portanto, apesar de ser baseada em contos do séc. XIX, a série não podia ser mais atual.

Além do título da série remeter para um conto do Poe, cada episódio tem o título de outro conto do autor e vai buscar elementos ao universo de terror de Poe. Em «O gato preto», temos um homem com um gato preto que vai à loucura por causa do álcool (tal como no conto), em «O poço e o pêndulo» temos um pêndulo assassino (tal como no conto), em «A máscara da morte rubra» temos um grupo de ricos a fazer uma festa de máscaras que acaba mal (tal como no conto).

A série faz referência a muitos outros contos, sendo que a minha preferida foi a referência ao conto «A pipa de amontillado», um dos contos mais perversos do autor.

Enfim, tendo já lido muitos dos contos referidos na série, achei uma genial e moderna homenagem a contos que foram escritos há mais de 170 anos! Apesar de ser uma série com elementos de terror, é menos assustadora do que “A mansão de Hill House”, por exemplo. Ainda assim, uma belíssima produção da Netflix que merece todos os elogios.

2 comentários

Comentar post