Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Livros, viagens e tudo o que nos acrescenta

Newsletter

The best we could do de Thi Bui

mar-maio-best-we-could-do.png

«The best we could do» é uma banda desenhada autobiográfica que me lembra de «Maus» de Art Spiegelman ou de «Persepolis» de Marjane Satrapi.

Thi Bui conta a história da sua família, que fugiu do Vietname e começou uma nova vida nos Estados Unidos nos anos 70 enquanto refugiados. Quando Thi se torna mãe, começa a questionar a relação com os seus pais, a sua própria identidade e o papel da guerra em ambos. Começa assim a sua jornada de conhecer a fundo a história da sua família.

Thi Bui foi escrevendo esta história e desenhando as tiras ao longo de dez anos. Além de um trabalho gráfico muito bem feito, estas mais de 300 páginas ganham pela honestidade da autora, que vai admitindo os seus próprios erros à medida que tenta encontrar o seu lugar como filha e como mãe.

É um livro excelente que, tal como os que referi anteriormente, vem provar que uma banda desenhada não tem de ficar atrás de um romance ou de um livro de não ficção.

the-best-we-could-do.png

O silêncio na era do ruído de Erling Kagge

silêncio-era-ruido-mar-maio.png

A certa altura deste livro, Erling partilha uma experiência em que se pede a pessoas entre os 18 e os 77 anos que fiquem num quarto entre 6 a 15 minutos em silêncio. Quase todos ficaram desconfortáveis. Os cientistas levaram a experiência mais longe e decidiram avaliar se os participantes preferiam ficar mais alguns minutos em silêncio ou levar um choque eléctrico. Quase metade preferiu um choque eléctrico.

É este tipo de apontamentos que Erling partilha neste livro. São 33 crónicas ou reflexões sobre o silêncio num mundo cada vez mais caótico. 

Há textos interessantes mas, no geral, fiquei desiludida com este livro. Erling é explorador, caminhou  no pólo norte, no pólo sul e no Evereste. De certa forma, pensei que essas experiências fossem ser retratadas neste livro, mas foram resumidas em um ou outro parágrafo. Talvez os seus outros livros tenham mais referências a essas experiências.