Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

MAR DE MAIO

Livros, viagens e tudo o que nos acrescenta

20
Out15

Decisions, decisions, decisions

DSCF4820.JPG

The question becomes… “What’s worth doing, even if I fail?” … I don’t leap or jump for the landing – I leap for the experience in the air. Because you can’t predict the landing.

Brené Brown

 

Quando era pequena queria seguir letras e ciências. Não dava. Fui para ciências. Queria ser jornalista e professora e cientista. Não dava. Fui para veterinária. No final do segundo ano, tive a sorte de fazer voluntariado com tartarugas marinhas. Gostei tanto que achei que a resposta estava ali, nos animais marinhos. Que havia uma maneira de acabar o curso e seguir algo de que gostava mesmo. Fiz o terceiro ano e segui para um mestrado relacionado com Biologia Marinha. Não acabei veterinária.

 

Não há nenhuma fórmula para decisões difíceis. Há, sim, uma opção que reflecte melhor quem somos e aquilo que queremos para a nossa vida. Tenho seguido por aí. Sem certezas, porque nunca sabemos o que vem depois do salto.

Quantas vezes não pensamos "Eu quero chegar a A mas acho que devia ir para B"? O A representa aquilo que nós queremos e o B aquilo que as outras pessoas acham que devemos seguir, aquilo que nós devemos fazer. Provavelmente, o B é um bom caminho mas não é o nosso. Sabermos aquilo que queremos já é parte do caminho e se queremos o A, então é isso que devemos seguir.

 

Andei que tempos às voltas com este post. Esta coisa de “O quê que queres ser quando fores grande?” e “O quê que vem a seguir?” sempre foi, e ainda é um bocadinho, uma fonte de angústia e confusão para mim. E, certamente, também para todas as pessoas que não vêem um caminho óbvio e bem definido à sua frente.

 

Já apaguei e reescrevi este post tantas vezes que já nem me lembro bem porquê que o comecei. Devia ser mais ou menos para escrever a quem também tem muitas dúvidas: não há nada de errado com vocês. Atrás escrevi que seguimos sempre sem certezas. É mentira. Há uma certeza: a de que podemos sempre recomeçar.

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Este blog tem comentários moderados.

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D