Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

MAR DE MAIO

Livros, viagens e tudo o que nos acrescenta

02
Dez15

Palermo (Sicília) em 9 fotografias

Estive uma semana na capital da Sicília, em Palermo, num intercâmbio. Uma semana é muito pouco tempo para ficar com um ideia clara de um local, mas deu para regressar a Portugal com uma mão cheia de coisas para contar.

DSCF5045

A vista do telhado da catedral de Palermo

 

DSCF4953

A Cosa nostra é a máfia da Sicília e existe desde o século dezanove. Muitas histórias da máfia se contam por estes lados. Algumas passaram-se há poucos meses, o que me surprendeu. Não sabia que a máfia ainda tinha uma importância tão grande na Sicília, mas tem, está enraizada na cultura e na história local. Todas as livrarias e bibliotecas têm uma secção especial dedicada ao assunto.

 

DSCF4914 (2)

O prato típico da Sicília que mais gostei de comer em Palermo foi aranccina. É uma bola de risotto frito, normalmente, com carne picada, molho de tomate e ervilhas (na Sicília come-se ervilhas com tudo). Outras versões são feitas com queijo e fiambre ou cogumelos, entre muitas outras. É barato e delicioso.

 

DSCF4885 (2)

Provei cannolis pela primeira vez e adorei. É uma bolacha enrolada com um creme de cheesecake no meio e pepitas de chocolate. É muito doce mas é muito bom.

 

DSCF4944

Il 4 canti é um cruzamento no centro de Palermo, com os 4 cantos iguais. Cada canto tem três figuras, que representam quatro reis, quatro santos e as quatro estações do ano. Estes cantos limitam os quatro quarteirões iniciais da cidade.

 

DSCF4879

Palermo está cheio de livrarias lindas, com livros novos, raros ou em segunda mão. Em cima, uma livraria de banda desenhada.

 

DSCF4946 (2)

A melhor descrição que ouvi de Palermo foi uma senhora de idade a dizer que a cidade é porca ma bella. Palermo é uma cidade suja, muito suja. Há poucos caixotes do lixo, é certo, mas há lixo por todo o lado e parece-me ser mais um problema de cidadania e bom senso do que de falta de contentores. Há lixo nas ruas, nos passeios, nos jardins públicos... Enfim, se imaginarem a cidade como um caixote de lixo gigante não devem, infelizmente, estar longe da realidade. Mas também é uma cidade bela (prova A: foto acima; prova B: foto em baixo).

 

DSCF4960

 

DSCF4982

O teatro Massimo é um dos sítios mais bonitos que já visitei. Foi construído no final do séc. XIX, é a maior casa da Ópera de Itália e a terceira maior da Europa. As cenas finais de "O padrinho 3" foram filmadas aqui.

 

Palermo é, sem dúvida, o lugar mais estranho onde já estive porque o sujo se combina com o belo, a máfia dos filmes e séries se torna a realidade do dia-a-dia e porque em muitos locais e em muitas pessoas, vi traços do meu filme preferido: Cinema paradiso. Já tinha estado em Itália (em Roma, em Veneza) mas foi em Palermo, muito menos turístico, que vi uma Itália mais tradicional e, por isso, também mais interessante. Valeu imensamente a pena.

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Seguir

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D